O que são feeds?

RSS, feeds, XML, Atom, RDF, syndication... tanto palavreado esquisito. Mas o que é isto, afinal?

E, mais importante, perguntas tu, em que é que isso me pode ser útil?

A resposta mais simples e clara, na minha opinião, é esta:

Feeds são uma forma de facilitar a leitura de vários blogs e sites, vendo apenas, num ponto central, o que há de novo em cada um.

Simples, não é?

O problema

Há muitos blogs interessantes. Os dos amigos e colegas, os dos familiares, ou aqueles aos quais, simplesmente, achaste piada em alguma altura. E há, também, muitos sites que não parecem, à primeira vista, "blogs", mas que têm um formato semelhante.

Isto cria, no entanto, um problema: visitar todos os blogs que te interessam acaba por se tornar moroso, quase um "trabalho". Mesmo usando bookmarks (ou "favoritos", no Internet Explorer), visitar 20, 50, 100 sites por dia, para ver quais têm novidades, não é algo rápido, nem fácil, nem divertido.

Um agregador de feeds resolve isto - permite-te "assinar" os vários blogs, como se fossem revistas ou jornais, e ver, num ponto central, apenas o que há de novo em cada um. Ou seja, se, em 20 blogs, só 5 têm novos posts, podes ver só os novos posts desses 5. Sem teres de visitar os blogs, um a um.

Com isto, além de não te teres de lembrar dos vários blogs, passas, também, a ter a garantia de não perder nada em nenhum deles (afinal, se os "assinaste", é porque te interessam, certo?)

Além dos blogs

Nos dias de hoje, quando se ouve a palavra "blog", a primeira coisa que vem à cabeça são os comuns diários pessoais. No entanto, o conceito de "blog" vai muito mais longe - muitos sites de notícias sobre um certo tema, por exemplo, seguem o formato de um "blog", sem que "pareçam" sê-lo.

Além disso, mesmo sites de outro tipo, cada vez mais, fornecem feeds - por exemplo, na maior parte dos sites de jornais é possível assinar feeds, sejam estes gerais, ou restritos a um tema (ex. notícias nacionais).

Como "assinar" e ler feeds

Necessitarás de usar um agregador de feeds, como já disse. Para simplificar este guia, vou mostrar como se utiliza aquele que eu próprio uso, o Bloglines. Há muitos outros, possivelmente melhores, mas este é prático e fácil de usar, por isso escolhi fazer uso dele aqui.

Vamos começar? OK, vai a www.bloglines.com. Verás uma página mais ou menos assim:


Bloglines 1


Excepto, é claro, a seta vermelha, que fui eu que inseri. :) Clicka na parte indicada ("Sign up now - It's Free!"), e preenche os dados que te são pedidos (email, língua, fuso horário, etc.).

Após o fazeres, como este ecrã indica:


Bloglines 2


... deves aguardar o mail de confirmação. Quando o receberes, irás parar a uma página como esta:


Bloglines 3


Nessa página, são sugeridos alguns dos feeds mais populares. Se quiseres, explora, e selecciona alguns que te pareçam interessantes. Mas, para efeitos deste guia, não vamos subscrever nenhum, aqui. Clicka no botão indicado, "Subscribe to My Selections", e verás o seguinte:


Bloglines 4


Assumindo que não assinaste nenhum feed na página anterior, só terás activo o feed de novidades do próprio Bloglines. Vamos assinar mais um? Clicka em "Add", conforme indicado, e verás o seguinte:


Bloglines 5


No campo "Blog or Feed URL", põe-se o endereço do feed ou do blog (!), como na imagem. Em geral, basta usar o endereço normal do blog. Muito raramente, este não é reconhecido, e é necessário introduzir o endereço do feed, que é, normalmente, indicado na primeira página do blog (normalmente, na barra lateral). Esse endereço pode estar indicado de várias formas: "Syndication", "Feed", "XML", "RSS feed", ou usando um botão como os seguintes:


Button 01 Button 02 Button 03


Basta copiar o endereço para o campo da imagem anterior, e fazer "Subscribe".

Em alternativa, para blogs no Blogspot, LiveJournal ou Xanga, é só questão de introduzir o nome do blog ou blogger nos campos abaixo.

Por vezes, são detectados vários feeds para um mesmo blog, como na imagem abaixo:


Bloglines 6


Nesta imagem, o feed correcto é o segundo, já que o primeiro inclui "comments" no endereço - ou seja, é um feed de comentários. É possível, claro, assinar também este, mas, em geral, o que se pretende é o feed "normal", com os artigos do blog.

Depois de fazer "Subscribe", o novo feed aparece no lado esquerdo, como nesta imagem:


Bloglines 7


Foi simples, não foi? Nesta imagem, o feed "A Arte de Blogar" tem 9 posts não lidos, enquanto o feed de notícias do Bloglines tem 7.

Clickando num feed, os artigos são vistos à direita, e o feed passa a estar com zero artigos por ler - afinal, assume-se que estás a lê-los neste momento:


Bloglines 8


Podes, no entanto, guardar artigos para mais tarde, clickando em "Clip/Blog This", a seguir a um determinado artigo. Isto faz com que ele continue a ser visto como "novo", até ser manualmente marcado como lido.

E é tudo. Agora, é só experimentar... isto não morde. :)

Share this:

euzinha

UMA DAS LOUCAS DO ~ loucura materna ~, MÃE DA MARIA IZABELA, ESPOSA, DESIGER, DOIDINHA E FÃ DE TRABALHOS MANUAIS

2 comentários:

Ivete disse...

ola.. amiga...
Eu nao estou conseguindo posta comentário em seu blog Croche Croche...
Pois isso deixo um neste aki...
Jah estava com saudades de deixar um recadinho para voce...
Em vou participar do concurso vim...
Tenha um otima quinta-feira..
Abraços..
Ivete.
Bons crochets...

Deborah Friedrich disse...

Querida, agradeço muito por suas dicas!
Beijos/Deborah.